segunda-feira, 13 de abril de 2009

Pastor utiliza o nome de Jesus para promover "Consócio de Casa Própria"

Nos tempos atuais estamos vendo crescer vertiginosamente o comércio da fé, atualmente vemos fiéis serem utilizados como moeda de barganha política ou mesmo para lucros fáceis. A cada dia somos surpreendidos com as novas técnicas utilizadas pelos Camelôs de Cristo, óleos sagrados de Israel cuja única viagem que fizeram foi do mercado ou mercearia da esquina até o templo onde serão vendidos como a mais nova aquisição da Terra Santa. Temos presenciado dirigentes espirituais que transformaram seus templos em verdadeiros Cassinos Celestiais. Mas infelizmente tal prática não tem sido apenas por parte de pastores oportunistas em nosso meio também temos presenciado algumas práticas insanas e oportunistas de alguns Babalóòrìsàs e Iyáàlóòrìsás que perderam a a noção do ridículo e que quando agem de maneira oportunistas estão colocando a religião em segundo plano. Hoje muitas pessoas estão sendo levadas a pensar que apenas aqueles que obtem o sucesso financeiro, material ou mesmo pessoal está com Deus, os dirigentes oportunistas trocaram o Ser pelo Ter. E nós enquanto afro-religiosos o quanto temos colaborado para que tal prática cresça? Qual a nossa responsabilidade perante ao processo mercantilista da fé? Egbó via internet?! Búzios por telefone? Amassí por encomenda postal? A hora é agora de nos diferenciarmos dos que fizeram da religiosidade apenas um meio de vida. A hora é agora de provarmos a muitos de nossos ancestrais que sua morte não foi em vão para que pudéssemos hoje termos a liberdade de cultuarmos nossos Voduns, Orixás e Ikisses. A hora é agora de provarmos que não somos essa corja de oportunistas que trocam votos por concessões de rádios e tvs, que somos diferentes sim, que temos história não o lado triste dela mas o lado mais bonito, o lado da folha nova, da Ewë com asé, do Omin mais puro e limpo. Não vamos nos permitir chegar a tal posição de que o fim justifica os meios. Vamos nos preocupar com o meio para que possamos chegar a um fim com a certeza da boa luta com as mais belas conquistas. Vamos chegar no fim com a cabeça erguida daqueles que nunca a abaixaram sob o peso da vergonha. Posto aqui o link para que nunca sirvamos de tal exemplo vergonhoso.

http://noticias.uol.com.br/ooops/ultnot/2008/10/29/ult2548u625.jhtm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opnião para que possamos melhorar nosso trabalho.